constelação familiar sistêmica em grupo, relacionamento afetivo, Relacionamento de casal, Sem-categoria

Viver honestamente nossos relacionamentos imperfeitos

teresina

 

Cai a noite sobre Teresina… e eu voltando pro aconchego, após trabalhos lindos de constelação familiar e o contato com a beleza e dureza das relações homem-mulher no nordeste… Com nuances diferentes, reproduz a velha guerra do sexo… e a busca do amor e compreensão que por tantas vezes passa longe das famílias. De todas as regiões. O homem carente em busca de sexo. A mulher carente fugindo da solidão. O homem carentemanipulando a mulher para poder transar. A mulher carente manipulando o homem para prendê-lo ao seu lado. Ela fecha as pernas. Se dedica aos filhos. Ou ao trabalho. Adoece. Ele foge dela. Vai pra bebida. Mulheres. Jogo. Se esconde na caverna. Pode até encontrar outra, mas acaba solitário, com suas neuras maternais mal resolvidas. Ela também acaba só. Permanece em busca eterna pelo amor do papai. O amor real e a compreensão passam longe. Papai e mamãe e suas relações deturpadas se perpetuam. Geração após geração.

Deveríamos estabelecer o dia de olhar para o Relacionamento. Onde, muito além do homem e a mulher, lançaríamos um olhar corajoso para a relação. Que é algo que tem vida própria – ou deveria. Uma vida onde a compreensão das carências de ambos seria o ponto inicial.
– o que eu sinto falta, na relação?
– quais os meus medos?
– como estou manipulando ela ou ele em busca de sexo ou segurança?
– o quanto estou disposto a ir mais longe, rumo à entrega a um Amor adulto, sadio, livre e honesto?
– tenho a maturidade para assumir a responsabilidade pelo encontro da minha paz, felicidade e força, deixando para o outro(a) o privilégio de ter alguém que será um companheiro humano, que assume suas próprias carências?

Creio que podemos ir mais longe. Assumindo nossas imperfeições. Compartilhando nossos medos. Olhando um ao outro como gente. Sem medo de se revelar. Afinal, o que todos querem é amar. E amor implica em compreender, incluir e permitir as imperfeições. Na imperfeição, nos igualamos. Na igualdade, cessam os conflitos. Na igualdade, o amor se estabelece. A compreensão surge. O perdão se mostra. Não há mais necessidade de máscaras. Os dois, desnudos, podem se fundir. Nus, desarmados, leves e livres, o sexo acontece. Juntos, nus, não há mais solidão.

Anúncios

Sobre alexpossato

Professor de constelação familiar sistêmica e terapeuta sistêmico

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Se você não é usuário do Wordpress e deseja receber as atualizações deste blog, preencha o quadro abaixo com o seu email, e logo receberá uma confirmação para receber as nossas atualizações! Namastê!

Junte-se a 4.099 outros seguidores

Eventos Agendados

Nenhum evento

%d blogueiros gostam disto: